Esgoto doméstico pode se transformar em energia nas estações de tratamento

Presidente da Nova CEDAE, Wagner Victer, apresenta em workshop no Rio projetos da Companhia para produzir biocombustível e gás a partir do esgoto  em suas ETEs

O presidente da Nova CEDAE, Wagner Victer, participa, no próximo dia 10 de novembro, do workshop Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, que acontece no Centro Empresarial Rio, para discutir tecnologias e soluções para o setor. Victer vai falar sobre os projetos da CEDAE para geração de energia a partir do esgoto nas estações de tratamento (ETE´s).

O mais avançado está sendo desenvolvido em parceria com a COPPE/UFRJ na ETE Alegria, no bairro do Caju, através de uma planta piloto para a produção de biocombustível e gás. O projeto é inédito por ser a primeira planta em instalação no Brasil. A proposta é ampliar a atividades até atingir, a longo prazo, as diversas estações da CEDAE, ganhando escala comercial através de parceria com a Petrobras e outras empresas.

A iniciativa é fundamental para melhorar o impacto ambiental das estações de tratamento e reduzir os gastos com energia elétrica. Segundo levantamento realizado pela consultoria Andrade & Canellas, o Brasil deixa de produzir entre 3.050 e 3.660 GWh de energia todos os anos a partir do biogás gerado pela decomposição do lixo urbano em todo o País. Se acondicionada e aproveitada adequadamente, cada tonelada de resíduo pode gerar entre 50 e 60 KWh de energia elétrica.

Segundo estimativas da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), em 2010 as cidades foram responsáveis pelo descarte de 61 milhões de toneladas de resíduos em lixões e aterros sanitários em todo o Brasil. Essa energia seria suficiente para abastecer até 18,3milhões de casas, considerando o consumo médio residencial na faixa de 200 kWh por mês. A maioria dos proprietários de aterros, no entanto, opta pela queima simples do gás ao invés de aproveitar o combustível para gerar energia, apesar de a atividade ser economicamente viável, assim como nas estações de tratamento de esgoto.

O workshop “Gestão Integrada de Resíduos Sólidos” tem por objetivo apresentar e debater novas Tecnologias e soluções para o setor. Casos de sucesso de cidades do Brasil e de outros países, modelos e equipamentos para a gestão de resíduos serão apresentados durante o evento, além de tecnologias para produção de energia a partir do biogás gerado pelo Esgoto Sanitário, que também estão entre os temas abordados no evento.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s