Complexo do Alemão ganhará Cidade da Solda

Gerente do PROMIMP apresenta em palestra no Seminário “Solda, Brasil” o planejamento para a implantação da nova unidade no Rio de Janeiro, frisando a importância do papel social do programa

O Complexo do Alemão, a primeira comunidade pacificada pelo governo Fluminense, está atraindo grandes empresas investidoras, de olho na mão de obra local. Pensando nisso, será ali a nova unidade da Cidade da Solda, um centro de formação profissional de soldadores criado pela PETROBRAS, que já é sucesso em outros oito locais espalhados pelo Brasil.

De acordo com o gerente setorial de demandas de mão de obra da gerência de relacionamento industrial da Petrobras / PROMIMP, Lenart Nascimento, que faz palestra no segundo dia do seminário “Solda Brasil – Seminário Nacional de Tecnologia e Mercado de Soldagem”, que acontece nos dias 30 e 31 de agosto no Centro Empresarial Rio, no Rio de Janeiro, a importância maior do projeto é na área social: “Existem vários cursos de soldagem já tradicionais, e por isso a relevância maior é o projeto social que está atrelado ao programa. Muitos dos alunos já têm uma profissão, e por isso participam das aulas em horário diverso do trabalho, visando a uma qualificação profissional que pode lhe abrir portas neste momento importante que o País está atravessando”, destaca o executivo.

Segundo ele, o Programa Cidade da Solda já envolve 1.130 profissionais qualificados, outros 100 com o curso em andamento e mais 180 já inscritos, o que torna o projeto das Cidades da Solda em sinônimo de êxito em um tempo em que a qualificação profissional é o que há de mais importante no mercado de trabalho. As unidades estão no Rio, Minas Gerais e São Paulo. A Petrobras é a principal patrocinadora do projeto, através do PROMINP (Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural).

A unidade do Complexo do Alemão ainda não tem data definida para ser inaugurada, pois o imóvel que a abrigará ainda não está disponível. Mas é certo que a Faetec estará participando do projeto, ao lado do SESI e Petrobras. O Estaleiro Ilha S.A. (EISA), que fica na Ilha do governador, próximo à área do complexo, também se interessou no programa, que deve qualificar ali, de 200 a 250 profissionais por ano.

Demanda profissional cresce

Tudo começou em 2005, após uma reunião na FIENG (Federação das Indústrias de Minas Gerais) com representantes da Petrobras e de outras empresas. A idéia era investir na qualificação dos soldadores e maçariqueiros das comunidades carentes da região, com a intenção de que eles fossem absorvidos pelas empresas locais, principalmente a própria Petrobras, Belgo Mineira e outras. Com isso foi inaugurada a primeira Cidade da Solda, em Contagem, com parcerias importantes, começando pelo SENAI, que ministrou os cursos, a White Martins, que cedeu sua estrutura de gases, e a ESAB, com sua maquinaria de solda e consumíveis. De lá para cá, o sucesso acabou abrindo caminho para outras cidades receberem o projeto. São José dos Campos (SP), Coronel Fabriciano (MG), Betim (MG), Duque de Caxias (RJ), Citrolândia (MG), Juiz de Fora (MG) e Sabará (MG) já contam com a estrutura funcionando a todo vapor.

A demanda de mão-de-obra qualificada é crescente e por isso, o campo se abre para os futuros soldadores formados na Cidade da Solda. Lá, são encontradas oficinas de formação de soldadores das áreas de petróleo e gás, siderurgia, mineração, além de papel e celulose. Os cursos são nos níveis básico, médio e avançado, com total de 300 horas/aula.

Para Lenart Nascimento, outro diferencial é a taxa de empregabilidade significativa, que chega a 58% no final do curso. “Procuramos acompanhar a vida profissional dos nossos ex-alunos e percebemos que o número continua crescendo, mesmo após a conclusão do curso, chegando a casa dos 80%”, destaca.

O tema “Cidade da Solda” vai ser detalhado no Seminário “Solda Brasil 2011”.

>> Clique aqui e saiba como se inscrever.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s