Tecnologia e segurança na pauta do 3º Seminário de Energia Nuclear no Rio

Angra 3 se prepara para a fase de montagem eletromecânica e movimenta a cadeia de fornecedores que disputam investimentos de R$ 1,93 bilhão

Até maio de 2012, as empresas vencedoras da licitação do pacote de serviços de montagem eletromecânica para a usina nuclear Angra 3 deverão iniciar as atividades no canteiro de obras. A estimativa é da própria Eletronuclear, que está analisando as propostas dos cinco concorrentes que disputam a pré-qualificação.

A Eletronuclear calcula em R$ 1,93 bilhão os investimentos nesta etapa do projeto, da qual participam quatro consórcios (Andrade Gutierrez, Odebrecht, Camargo Corrêa e UTC Engenharia; Construcap CCPS e Orteng; Setal e OAS; Queiroz Galvão, EBE e Techint), e a empresa Skanska Brasil, que entrou sozinha na disputa.

Os concorrentes entregaram envelopes com a documentação de habilitação e outro com a proposta de metodologia de execução dos serviços. A estatal informou que a documentação das candidatas está sendo analisada pela comissão especial de licitação da Eletronuclear. Verificada a documentação, serão publicados os nomes das licitantes habilitadas para a segunda etapa, onde serão analisadas as linhas metodológicas para a execução dos serviços. Após esse período, as concorrentes consideradas pré-qualificadas serão convidadas a apresentar suas propostas de preço.

A construção da usina de Angra 3 e das quatro novas unidades de geração nuclear previstas no Plano Nacional de Energia (PNE 2030) serão tema do 3º Seminário Nacional de Energia Nuclear, que acontecerá nos dias 08 e 09 de fevereiro, no Centro Empresarial Rio – Botafogo – Rio de Janeiro. Com ênfase nessa discussão em torno do modelo escolhido pelo Brasil para Angra 3 e para as novas usinas, o evento cresce de importância na medida em que alguns países do mundo rediscutem a manutenção do modelo de geração nuclear e as tecnologias voltadas para o segmento, o que torna o momento bastante oportuno para que empresas, academia, governo e profissionais mostrem seus avanços e conquistas para tornar a energia nuclear segura, limpa e adequada para assegurar o desenvolvimento. Além de reafirmar o setor nuclear como forte alavanca ao crescimento do País e à competitividade da indústria e da engenharia brasileiras.

Já consagrado no calendário nacional do setor, o 3º Seminário Nacional de Energia Nuclear tem como objetivo reunir representantes da cadeia nuclear brasileira, empresas de consultoria, construção e montagem industrial, fornecedores de equipamentos e soluções tecnológicas para discutir investimentos, demanda de mercado, disponibilidade de mão de obra especializada e novas tecnologias para atender ao projeto nuclear brasileiro. Além de debater o modelo brasileiro de usinas termonucleares, questões ligadas à segurança nuclear e o impacto do programa no desenvolvimento da engenharia e da indústria nacional estão na pauta.

>> Saiba mais sobre o evento aqui.
>> Clique aqui e saiba como se inscrever.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s