Começa amanhã no Rio o 3º Seminário Nacional de Energia Nuclear

Fukushima inspira debate sobre segurança e tecnologias para modernizar usinas brasileiras

Com a presença de técnicos e diretores da ELETRONUCLEAR, da Comissão de Energia Nuclear (CNEN) e de empresas do setor privado, começa amanhã (dia 08/02), no auditório da Bolsa de Valores do Rio de Janeiro, no centro do Rio (Praça XV, nº 20), o  3º Seminário Nacional de Energia Nuclear, organizado pela Planeja & Informa Comunicação e Marketing em parceria com a ELETROBRAS ELETRONUCLEAR, que terá como ênfase a discussão em torno da segurança das usinas brasileiras e o modelo escolhido pelo Brasil para Angra 3 e para as novas usinas que serão construídas no País.

O objetivo do evento, que prossegue até o dia 09/02, durante todo o dia, é debater as tecnologias e novas medidas voltadas para a segurança nuclear das usinas de geração de energia, a luz das lições decorrentes do acidente ocorrido em Fukushima, no Japão, que levaram a própria ELETRONUCLEAR a programar investimentos de R$ 300 milhões em um programa de reavaliação das usinas nucleares de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. Desde o acidente de Fukushima, a estatal para o setor nuclear vem acompanhando as medidas sugeridas por diversos organismos nacionais e internacionais e, com base nas recomendações, está desenvolvendo estudos sobre a aplicabilidade dessas medidas às usinas brasileiras. Isso torna o momento bastante oportuno para que empresas, academia, governo e profissionais mostrem seus avanços e conquistas para tornar a energia nuclear segura, limpa e adequada para assegurar o desenvolvimento.

Já consagrado no calendário nacional do setor, o 3º Seminário Nacional de Energia Nuclear tem como objetivo reunir representantes da cadeia nuclear brasileira, empresas de consultoria, construção e montagem industrial, fornecedores de equipamentos e soluções tecnológicas para discutir investimentos, demanda de mercado, disponibilidade de mão de obra especializada e novas tecnologias para atender ao projeto nuclear brasileiro. Além de debater o modelo brasileiro de usinas termonucleares, questões ligadas à segurança nuclear e o impacto do programa no desenvolvimento da engenharia e da indústria nacional estão na pauta.

O 3º Seminário Nacional de Energia Nuclear conta com patrocínio da ELETRONUCLEAR, AREVA, GE HITACHI, ENGEVIX, GENPRO ENGENHARIA e WESTINGHOUSE, além de apoio institucional da ABDAN, ABEMI. ABCE e ABECE e apoio de mídia da Petronotícias e Brasil Energia

NOMES JÁ CONFIRMADOS NO EVENTO:

Angelo Fernando Padilha – Presidente da CNEN (Comissão Nacional de Energia Nuclear)

Leonam dos Santos Guimarães – Assistente da Presidência da Eletronuclear

Ivan Pedro Salati de Almeida – Diretoria de Radioproteção e Segurança Nuclear da CNEN (Comissão Nacional de Energia Nuclear)

Uwe Stoll – Vice Presidente de Engenharia de Base Instalada da Areva

Bernard Bastide – Diretor da Areva Brasil e América do Sul

Mário Alves -Gerente de Análise de Segurança Nuclear da Eletronuclear

Paulo C. de Rodrigues Vieira – Assessor da Presidência da Eletronuclear

Isidro de la Fuente – Vice Presidente Comercial das Américas – Projetos de Planta Nuclear da GE Hitachi Nuclear Energy International

David Hinds – Líder de Programa de Engenharia de Novas Plantas da GE Hitachi Nuclear Energy International

Rosane Lopes – Socióloga, Comunicadora e Consultora de Comunicação de Risco

Paulo Roberto Werneck de Carvalho – Representante da Eletronuclear Profº Tácio de Campos da PUC-Rio

Moacyr Duarte de Souza Junior – Coordenador do GartaGrupo de Análise de Risco Tecnológico e Ambiental do IVIG (Inst. Virtual Intern. de Mudanças Globais)/COPPE            

Ten. Cel. Paulo Renato – Diretor da Escola de Defesa Civil da Secretaria de Estado de Defesa Civil do Rio de Janeiro

Ricardo Luis Pereira dos Santos – Coordenador de Implantação da Operação de Angra 3 da Eletronuclear

Roberto Cardoso Travassos – Gerente de Planejamento e Orçamento da Eletronuclear

Antonio Jorge Pinto de Almeida – Assistente da Superintendência de Licenciamento e Meio Ambiente da Eletronuclear

William Gomes Nunes – Analista Ambiental da Diretoria de Licenciamento Ambiental do IBAMA

Alexandre Gromann de Araujo Goes Coordenador Geral de Reatores e Ciclo do Combustivel da CNEN (Comissão Nacional de Energia Nuclear)

Leonardo Dalaqua Junior – Gerente de Projetos da Genpro Engenharia

Danilo Stocco – Gerente do Setor de Certificação da ABENDI (Associação Brasileira de Ensaios Não Destrutivos e Inspeção)

Edson Kuramoto – Presidente da ABEN (Associação Brasileira de Energia Nuclear)

Ayrton Caubit – Secretário Executivo da ABDAN (Associação Bras. para o Desenvolvimento de Atividades Nucleares)

Carlos Maurício Lima de Paula Barros – Presidente da ABEMI (Associação Brasileira de Engenharia Industrial)

Ronaldo FabrícioVice-Presidente Executivo da ABDAN (Associação Bras. para o Desenvolvimento de Atividades Nucleares)

Ed Cummins – Vice-President and Chief Technologist, New Plant Technologies – Westinghouse Electric Company

Alberto Casadei – Managing Director, New Plant Operations Brazil – Westinghouse Electric Company

Uwe Stoll – Vice Presidente de Engenharia de Base Instalada da Areva Representante da Engevix

> Saiba mais sobre o evento
> Inscreva-se


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s