Frota de ônibus do Rio vai trocar o biodiesel 5% por B 20 até 2016

Secretário de Transportes do Rio, Julio Lopes, confirma presença no Painel sobre combustíveis inteligentes no 3º Seminário Sistemas Inteligentes de Transportes

        

Com tecnologias inovadoras, as cidades brasileiras podem tornar-se mais sustentáveis, aumentando a qualidade de vida dos seus habitantes. Não apenas na gestão e operação dos transportes utilizando ferramentas da informação para monitorar e fiscalizar o trânsito, mas também com tecnologias mais modernas de combustíveis inteligentes, que permitam reduzir a emissão de gases de efeito estufa, uma vez que os transportes urbanos estão entre os maiores geradores desses elementos poluentes.

O Rio de Janeiro foi pioneiro nessa iniciativa, com o Programa “O Rio de Janeiro sai na frente – Biodiesel 5% na frota de ônibus” destinado a melhorar a qualidade do combustível utilizado na frota de ônibus urbanos, que desde 2010 são abastecidos com o biodiesel 5%, e que estabeleceu como meta para 2016 aumentar para 8.500 o número de ônibus rodando com o biodiesel 20%.

O assunto vai ser o tema do painel que vai reunir o Secretário de Estado de Transportes do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Julio Lopes, e o Gerente de Planejamento da FETRANSPOR, Guilherme Wilson, responsável pela execução do projeto, durante o 3º SEMINÁRIO SISTEMAS INTELIGENTES DE TRANSPORTES, que acontece nos dias 25 e 26 de junho, no Centro Empresarial Rio, na Praia de Botafogo (RJ).

O programa “O Rio de Janeiro Sai na Frente – Biodiesel 5% na Frota de Ônibus” foi idealizado pela Secretaria de Estado dos Transportes (SETRANS) e pela FETRANSPOR, com o objetivo de apresentar uma alternativa energética sustentável ao transporte coletivo de passageiros do Estado do Rio de Janeiro visando à antecipação da meta prevista pela Lei Federal 11.097, de 13 de janeiro de 2005, para inserção, a partir de 2013, do Biodiesel 5% na matriz energética brasileira, adicionado ao óleo diesel comercializado junto ao consumidor final. O sucesso foi tão expressivo que em 2009 o percentual de biodiesel obrigatório para todo o Brasil de 5% de mistura no diesel foi antecipado para Janeiro de 2010.

Para 2016, com o uso do Biodiesel B20 em 8.500 ônibus, a meta é deixar de queimar 55 milhões de litros de diesel por ano e de emitir 148.000 toneladas de CO2 por ano e 3.276 toneladas de material particulado/ano.

O 3º SEMINÁRIO SISTEMAS INTELIGENTES DE TRANSPORTES, promovido pela Planeja & Informa Comunicação e Marketing, tem por objetivo discutir e difundir experiências e novas tecnologias para a gestão, operação, controle e fiscalização do trânsito e dos transportes urbano de passageiros, de cargas e rodovias do País, visando a dar mais mobilidade e sustentabilidade a esses sistemas, especialmente nos grandes centros urbanos do País.

Além do Secretário de Estado de Transporte Julio Lopes e do Gerente de Planejamento da FETRANSPOR , Guilherme Wilson, já confirmaram presença o Coordenador de Controle Operacional da Secretaria de Transportes do Município do Rio, Alberto Nygaard; o representante da Agência Reguladora de Transportes de São Paulo (ARTESP), Giovanni Pengue Filho; o Gerente Geral UN-BRT da FETRANSPOR, Alexandre Castro; e o Coordenador de ITS para América Latina da Volvo Bus Latin America, Bernardo Cruz.

Para se inscrever no III SEMINÁRIO SISTEMAS INTELIGENTES DE TRANSPORTES, basta solicitar o formulário de inscrição pelo e-mail inscricao@planejabrasil.com.br ou ligar para o Atendimento ao Participante nos telefones (21) 2262-9401/ 2244-6211

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s