Crescimento da frota de veículos no Rio compromete metas de mobilidade urbana

Cidade do Rio de Janeiro poderá ter um carro para cada duas pessoas

em 2020, se o número de veículos continuar crescendo no ritmo atual

A decisão do Governo Federal de incluir o setor de transportes na política de desoneração da folha de pagamentos, no final do ano passado, vai gerar recursos da ordem de R$ 2,1 bilhões em 2013 para as empresas. A redução desses custos sobre a folha de pagamento – um dos principais do setor – traz mais competitividade às empresas de transporte e possibilita, por exemplo, investimentos em renovação e modernização da frota e treinamento de pessoal.

Se acompanhados de investimentos na infraestrutura e na melhoria da gestão dos sistemas de transportes de passageiros nos centros urbanos, pode ser também uma boa chance de melhorar a mobilidade nas grandes cidades, ajudando a retirar um grande número de carros das ruas. Atualmente, o Rio de Janeiro tem 2,5 milhões de usuários de ônibus, 390 mil de trens e 645 mil de metrô, além de um milhão nas vans.

Por sua vez, a frota de carros particulares, de acordo com o DETRAN, é de 2,57 milhões de veículos, sendo 1,9 milhão de automóveis. O resultado se reflete no drama diário da população, com ônibus parados em congestionamentos intermináveis, trens e metrô superlotados. Segundo estudo feito pela Coppe/UFRJ, se o aumento de veículos continuar na mesma medida, a cidade do Rio de Janeiro poderá ter um carro para cada duas pessoas em 2020.

A tecnologia e inovação podem ser utilizadas para melhorar a qualidade dos transportes públicos e retirar, em conseqüência, o máximo de carros das ruas. Essa solução é defendida de forma unânime pela maioria dos especialistas do setor, mas carecem de vontade política e decisões práticas dos novos prefeitos eleitos para colocar a tecnologia à disposição da sociedade.

Através da união de recursos da informação e comunicação  telemática e de ferramentas de gerenciamento  dos transportes, os Sistemas Inteligentes de Transportes (SITs) representam novos meios de se pensar a mobilidade urbana e nas estradas, além de melhorar a segurança na operação dos sistemas de transportes. A utilização eficiente dessas tecnologias tem gerado resultados satisfatórios, promovendo a redução de congestionamentos, acidentes e do tempo de viagens, a melhoria na qualidade do ar, com a possibilidade da indicação de rotas alternativas, o aprimoramento dos níveis de serviço e aumentado a produtividade, confiabilidade e segurança dos sistemas de transporte.

 

INFORMAÇÕES GERAIS

Período: 22 e 23 de maio  de 2013

Duração: 2 dias – 08 horas/dia

Local: Centro Empresarial Rio (Edifício Argentina)

Auditório – 2º Andar

Endereço: Praia de Botafogo, 228 – 2º andar – Botafogo – Rio de Janeiro – RJ

Total de Participantes: 200 pessoas

TABELA DE INVESTIMENTO

19/10 a 31/01/2013 — R$ 300,00

01/02 a 09/04/2013 — R$ 350,00

10/04 a 23/04/2013— R$ 400,00

****  COMO SE INSCREVER?  ****

Solicite o formulário de inscrição pelo e-mail: inscricao.planejabrasil@gmail.com ou ligue para o Atendimento ao Participante: (21) 2262-9401 / 2244-6211 ou clique no link e baixe o formulário de inscrição.

Formulário de inscrição_2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s