Estudante do Rio cria sistema de ponto de ônibus inteligente

  1. INFORMATIVO_ITS 2014
  2. Formulário de inscrição_ITS 2014

Criador do sistema garante que o modelo brasileiro, batizado de “Projeto Pointe”, tem mais recursos do que o Europeu, e custo de implantação é três vezes menor

 Já imaginou chegar a um ponto de ônibus e dispor ali mesmo de recursos de seleção de linhas, para que o motorista saiba que há alguém esperando por ele no ponto, informações sobre as linhas de ônibus que se aproximam dos pontos, o tempo em que o ônibus chegará ao ponto e identificar veículos adaptados para deficientes físicos.

Pode parecer ficção, mas está muito mais viável e próximo da realidade brasileira do que se imagina. Cansado de sofrer com atrasos de veículos devido ao trânsito, superlotação, não cumprimento de horários, falta de veículos em horários de pico e outros problemas, Lucas Peixoto do Santos, um estudante de 18 anos, morador de Macaé, no interior do estado do Rio, desenvolveu um modelo de ITS (sistema inteligente de transporte na sigla em inglês) batizado de projeto “Pointe – Ponto de Ônibus Inteligente”, que pode ser a solução para esses problemas.

Lucas conquistou o terceiro lugar na 12ª edição da Feira Brasileira de Ciência e Engenharia (Febrace), realizada em março, em São Paulo com o projeto que vai apresentar no 5º Seminário Sistemas Inteligentes de Transportes, junto com seu professor e orientador, Leonardo Veloso Ferreira de Oliveira, nos dias 28 e 29 de maio, no Centro Empresarial Rio, no Rio de Janeiro. O objetivo do evento é debater soluções, experiências e novas tecnologias para melhorar a mobilidade urbana e nas estradas, através da união de recursos de informação e comunicação telemática e de ferramentas de gerenciamento  dos transportes.

O projeto “Pointe – Ponto de Ônibus Inteligente” prevê um sistema de áudio que alerta deficientes visuais e pessoas desatentas sobre a situação dos coletivos. Os ônibus contarão com display e sistema de áudio interno que informará aos deficientes visuais e turistas sobre as próximas paradas. Mais interessante é o custo de implantação desse sistema: a aplicação, segundo Lucas, custaria à empresa de ônibus R$ 600 por sistema aplicado em cada coletivo. Segundo o estudante, o modelo pode ser aplicado e fabricado com materiais contra vandalismo e furtos.

“Ele pode ser acoplado em um ponto de ônibus novo ou em forma de toten, em pontos existentes. A estrutura física pode ser equipada com produtos antifurto, antipichações e funcionariam apenas quando tivesse alguém no ponto de ônibus, por meio de sensores de presença. Com a instalação de placas solares, o consumo de bateria se tornaria ainda menor e mais sustentável”, completa o estudante.

De acordo com o levantamento feito por Lucas, o sistema europeu com menos recursos se comparado ao “Pointe”, com display nos pontos e aplicativo com os horários dos ônibus, custa cerca de R$ 17 mil reais por ônibus. Já o sistema brasileiro, divulgado pela Agência Fapesp, pode custar até R$ 5 mil por ônibus.

“Muitas pessoas utilizam o ônibus como meio de transporte diário e sofrem com atrasos, superlotação, descumprimento de horários e falta de veículos em horários de pico. Outras são ignoradas por motoristas por serem estudantes, idosos ou deficientes e possuírem passe livre. Os deficientes visuais que utilizam o transporte público, por exemplo, têm dificuldade em identificar as linhas, assim como cadeirantes para identificar ônibus adaptados”, explica o jovem Lucas.

 

ITS 2014

Tecnologia é fundamental para melhorar a qualidade de vida das pessoas. Sistemas Inteligentes de Transportes (SITs) podem representar novos meios de se pensar a mobilidade urbana e nas estradas, além de melhorar a segurança na operação dos sistemas de transportes, daí a importância deste evento e dos debates em torno do tema, para que as novas soluções etecnologias possam ser identificadas, discutidas e sua aplicação multiplicada.

A utilização eficiente dessas tecnologias tem gerado resultados satisfatórios mundo afora, promovendo a redução de congestionamentos, acidentes e do tempo de viagens, além da melhoria na qualidade do ar, com a possibilidade da indicação de rotas alternativas, o aprimoramento dos níveis de serviço e aumentado a produtividade, confiabilidade e segurança dos sistemas de transporte.

As inscrições para o ITS 2014 estão abertas e podem ser feitas pelo email inscricao.planeja@gmail.com , além dos telefones (21) 2262-9401 / 2215-2245. Mais informações no Blog https://planejabrasil.wordpress.com/Antecipe sua inscrição e garanta o desconto na inscrição. Estudantes têm 50% de desconto.

Empresas de projetos e tecnologia, integradoras, fabricantes de materiais e equipamentos e prestadores de serviços, concessionárias e empresas de engenharia interessadas em apresentar soluções e tecnologias para o setor por meio de palestras ou divulgar sua marca e seus produtos com patrocínio podem entrar em contato com a área comercial da Planeja & Informa Comunicação e Marketing, pelo telefone (21) 2244-6211.

 

Principais Temas em debate:

 

  • Mobilidade Urbana – Desafios da Copa e Olimpíadas
  • Gestão, Operação e Fiscalização do Transito
  • Tecnologias para melhorar a mobilidade urbana
  • Brasil ID – Rastreamento e Monitoração de veículos e cargas
  • O BRT Carioca – Legado à população
  • Sistemas Metroferroviários
  • Porto Maravilha na era do VLT
  • Qualidade nos transportes urbanos – Menos carros nas ruas
  • Sistemas de Controle de Estacionamentos
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s