Secretário de Planejamento Energético do MME abre Seminário Internacional de energia nuclear no Rio dia 14

O Secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia, Altino Ventura, abre no próximo dia 14 de maio, às 9:00h, no Centro Empresarial Rio, no Rio de Janeiro, a quinta edição do Seminário Internacional de Energia Nuclear, que vai reunir empresas e representantes brasileiros e estrangeiros do setor nuclear para debater novas tecnologias, soluções e experiências voltadas à construção e operação de usinas nucleares, bem como os diversos usos da radiação para fins pacíficos no Brasil e no exterior.

A presença do Secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do MME será uma oportunidade importante para o debate em torno da necessidade de se buscar novos modelos de financiamento para o setor nuclear que, segundo o próprio executivo do Governo admitiu no ano passado, “não poderá ficar restrito aos investimentos do Estado, porque ao longo dos próximos 15 anos a demanda deverá crescer em ritmo muito mais veloz do que nas décadas passadas”.

A entrada do capital privado na geração de energia nuclear no Brasil é hoje o grande debate do setor no Brasil e, também, a alternativa de modelo mais provável, mas ainda não está decidida, já que depende de mudanças na própria legislação do País. Este inclusive será tema de uma mesa redonda na manhã de abertura do evento, com a participação da Associação Brasileira para Desenvolvimento das Atividades Nucleares (Abdan), que defende esta bandeira e já levou inclusive um Projeto de Emenda à Constituição (PEC) ao governo com este objetivo. A proposta foi desenvolvida em parceria com a Associação Brasileira dos Produtores Independentes de Energia Elétrica (Apine).

Outro aspecto que torna atrativa a participação da indústria na área nuclear é a necessidade de redução de custos e prazos na construção de reatores e plantas. O presidente da Abdan, Antonio Muller, afirma, por exemplo, que com a entrada do setor privado haverá, além de um aumento nos investimentos e nos projetos de energia do país, uma redução significativa de prazos. Por outro lado, as sucessivas barreiras impostas ao licenciamento de novas hidrelétricas têm gerado a necessidade de se aumentar a oferta de energia térmica, para garantir energia firme no portfólio nacional, mas, ao contrario da energia nuclear, as plantas alimentadas a carvão são modelos que põem em risco as metas de redução de emissão de carbono.

Com relação a novas tecnologias, as principais empresas internacionais do setor nuclear, como AREVA, MITSUBISHI, WESTINGHOUSE e ROSATOM, já confirmaram participação e patrocínio ao evento e vão compartilhar sua experiência com os técnicos e representantes do governo brasileiro. O 5º SIEN conta com a ELETRONUCLEAR e AMAZUL como principais patrocinadores, além da INB e ENGEVIX, e apoio das principais entidades técnicas e profissionais da área nuclear.

SIEN 2014

O Seminário Internacional de Energia Nuclear tem sido um importante espaço para o debate sobre o Programa Nuclear Brasileiro, as novas tecnologias em desenvolvimento no mundo e, principalmente, requisitos de segurança que se tornaram ainda mais rigorosos após o acidente de Fukushima, no Japão. Nesta quinta versão, a agenda vai trazer essas e outras questões, reunindo todos os segmentos do setor nuclear, além de promover a difusão de novas tecnologias e soluções voltadas à construção e operação de usinas nucleares, bem como os diversos usos da radiação para fins pacíficos.

O evento reúne empresas de energia nuclear do Brasil e do exterior; lideranças empresariais; empresas de engenharia industrial, construção e serviço; empresas de projetos e desenvolvimento tecnológico; fornecedores de equipamentos e materiais para engenharia elétrica; empresas e órgãos governamentais; gestores públicos e privados; técnicos e executivos do setor de energia; concessionárias de energia; além de entidades de classe de engenharia, universidades, institutos de pesquisa etc.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo emai, além dos telefones (21) 2262-9401 / 2215-2245. Mais informações no Blog https://planejabrasil.wordpress.com/. Estudantes tem 50% de desconto na inscrição.

Empresas de projetos e tecnologia, fabricantes de materiais e equipamentos e prestadores de serviços interessados em apresentar soluções e tecnologias para o setor através de palestras ou divulgar sua marca e produtos através de patrocínio podem entrar em contato com a área comercial da Planeja & Informa Comunicação e Marketing, através do telefone (21) 2244-6211.

 

Nomes já confirmados:

Altino Ventura – Secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia

Isaac José Obadia, Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da CNEN

Vice-Almirante Ney Zanella dos Santos, Diretor-Presidente da Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A

Contra-Almirante Luciano Pagano Junior, Superintendente do Programa Nuclear do CTMSP – Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo

Aquilino Senra – Presidente da INB

Samuel Fayad – Especialista e consultor

Leonam dos Santos Guimarães, Diretor de Planejamento, Gestão e Meio Ambiente da Eletrobras/ Eletronuclear  

Ricardo Gorini, Superintendente de Recursos Energéticos da Empresa de Pesquisa Energética – EPE

Engº Paulo César Carneiro, Assessor da Diretoria Técnica da ELETROBRAS/ ELETRONUCLEAR

Eng. Roberto Travassos, Diretor Financeiro da ABEN

Liberal Enio Zanelatto, Diretor Industrial da NUCLEP

Bernard Bastide, Diretor da AREVA para Brasil e América do Sul

Andreas Goebel, Presidente da ATMEA

Antonio Ferreira Müller, Diretor Presidente da ABDAN

Marisabel Sanchez, Chief Executive Office – Links Media Global (EUA)

Rosane Lopes, Technical Coordinator – Links Media Global

Behrooz Askari – AF -Consult Suíça Ltd. (Suíça)

Contra-Almirante (EN-RM-1) Alan Paes Leme Arthou, Gerente na Coordenadoria- Geral do Programa de Desenvolvimento de Submarino com propulsão nuclear da Marinha do Brasil

Representante da ROSATOM – Rússia (Nomes dependendo de confirmação)

Ana Maria Silveira Braghirolli, Chefe do Serviço de Radiofármacos do IEN

José Antonio Carlos Canedo Medeiros, Chefe do PEN (Programa de Engenharia Nuclear) da COPPE/UFRJ

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s